Casa dos Santos

A Casa dos Santos fica situada num região caracterizada pela sua elevação com vistas sobre a colina de São João da Madeira e a Serra da Freita. A importância da paisagem voltada a nascente foi a única premissa colocada pelo cliente, que pretendia que de todos os compartimentos interiores da habitação fosse possível usufruir dessa vista.

A implantação é sugerida naturalmente pela topografia do terreno e a casa nasce no meio do terreno procurando o alinhamento com a paisagem e as curvas de nível, respeitando as árvores existentes, de forma a abraçar a construção com a natureza envolvente, criando uma relação intimista com o lugar.

A volumetria da casa é caracterizada pela sua extensão, com vinte e seis metros de comprimento e cobertura inclinada com pendente sobre o pátio. A casa de piso térreo é interceptada por um volume de cobertura plana que constitui a garagem e a pala que protege a entrada principal da habitação.

A cobertura inclinada que se projecta sobre o pátio exterior e se transforma numa grande pala de betão armado permite a transição entre os espaços interiores da habitação e o pátio exterior que é ao mesmo tempo um grande solário e o prolongamento natural dos espaços interiores, de onde se aprecia a vista protegido por uma pele de vidro.

Externamente, a nascente, dois volumes contínuos criam uma dualidade entre o bloco opaco – onde fica a garagem – e o prolongamento transparente da sala, cozinha e quartos. A poente, com trinta e cinco metros de comprimento, as aberturas foram minimizadas e usadas como janelas fixas, para intensificar e pontuar a integração entre exterior e interior e possibilitar a iluminação natural dos espaços de circulação. Essa relação entre cheios e vazios na fachada permitiu obter um excelente desempenho térmico, com elevado grau de conservação energética.

O uso de materiais como madeira e a telha de barro faz da casa um lugar acolhedor. A opção pelos tons claros no soalho e a utilização de apontamentos em travertino polido no revestimento de paredes interiores na sala e cozinha replicam o efeito de espelho da paisagem em determinadas perspectivas interiores. O pinho nacional utilizado na carpintaria interior cria uma atmosfera acolhedora e quente nos quartos. A paisagem que atravessa as paredes de vidro cria naturalmente, dia após dia, cenários naturais que transportam os habitantes para a contemplação e meditação.

 

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Casa dos Santos

Localização
Oliveira de Azeméis, Portugal

Arquitectura

Ana de Bastos, Arquitectura ?

Engenharia
António Ferreira de Bastos, Engenharia Civil
Construtores
Donzifeira Construções e JMS Leite

Fotografia
Alexander Bogorodskiy ?

Ano
2021

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE