Casa em Lamego

O terreno é um rectângulo de 70mx40m com um desnível de 5m entre a cota alta e a cota baixa.

Um caminho existente a nascente, vindo da cota baixa, que dá acesso a uma moradia conAgua a norte, referenciou a implantação escolhida.

Optou-se por implantar a casa encostada ao percurso de chegada, o volume ajusta-se até virar ligeiramente as costas a quem chega e, nesta posição, a casa consegue também resguardar-nos cuidadosamente a vista da paisagem envolvente. É neste jogo de esconder que a surpresa é intensificada, passamos a querer subir, passamos a querer perceber, passamos a querer chegar, passamos a querer entrar, passamos a querer descobrir.

Nas costas da casa marca-se apenas a entrada principal com um pequeno alpendre que recebe quem chega, antes de entrarmos estamos completamente impedidos de ver a envolvente.

Se levantássemos voo sobre a casa perceberíamos que a casa se dispõe-se em “V” aberto voltado à paisagem e ao sol a sul, que se encaixa no terreno sem alterá-lo e que potencia, desta forma, a pendente natural do terreno para resolver o acesso à cave, à cota baixa, onde funciona a garagem, bem como o acesso principal à casa, à cota alta, e perceberíamos também que, essencialmente, a casa se reúne em torno do terraço, e que o terraço é casa ou que a casa também tem o terraço.

Se quisermos, podemos dizer: para a casa ser uma máquina de habitar, no terraço, pousa-se a churrasqueira encostada ao alpendre na proximidade da cozinha para funcionar bem. Ou também dizemos: para a casa ser bela, no terraço, pousa-se também um banco que se alonga protegendo agradavelmente toda a zona de estar exterior mais elevada.

No interior, quando espreitamos o exterior, com o terraço em frente, passamos a sentir que chegamos, sentimos que percebemos e então podemos expandir-nos, conseguimos perceber, e queremos ficar, queremos estar ali.

No piso inferior é resolvida a garagem e espaços de apoio. A escada é muito simples e liga logo à entrada da cozinha.

No piso superior da casa, os diferentes espaços habitáveis acomodam-se em simetria a parti da sala. São todos virados ao terraço. São todos abertos ao sol, abertos ao alpendre, abertos ao terraço, abertos à paisagem.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Casa em Lamego

Cliente
Privado

Localização
Lamego

Arquitetura
António Ildefonso Arquitecto

Arquiteto responsável
António Ildefonso

Estruturas
Bruno Mendes

Fabricantes
1. CORTIZO – Sistema de caixilharia em alumínio.
2. SOSOARES – Porta em alumínio pivotante.
3. RECER – Cerâmico de pavimentos e paredes.
4. MADEICENTRO – Pavimento em madeira.
5. EFAPEL – Material Elétrico de manobra.
6. BRUMA – Torneiras.

Área total construída (m2)
574m2

Ano de conclusão da obra
2019

Fotografias
Ivo Tavares Studio

FOTOGRAFADO POR
PDFS
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Isopan

Apresentamos a Esquadria Perfeita

Workshop . Lisboa

Como Vender o Que Não Se Vê