Casa em Tróia

Categorias: Unifamiliar

Um conjunto de sólidos quase cegos, para a envolvente, tensionados entre si, procuram através da escala e da acentuação do recorte no desenho do limite das superfícies, enfatizar os jogos de luz/sombra, propondo uma leitura cambiante ao longo do dia.

O recorte e vazamento da massa propõe uma articulação de sólidos e pátios murados que se sucedem para organizar cadenciadamente um programa corrente. Os vãos contidamente rasgados ou colocados nos espaços intersticiais, entre os diversos sólidos, permitem de modo muito controlado usufruir de enquadramentos escolhidos.
A escala, os vãos e os lanternins, são instrumentos para captura e orientação de luz, que difusa ou directamente, desenha e pigmenta os planos interiores ao longo do ciclo diurno.
No interior do perímetro, uma sucessão de relações horizontais e verticais entre sólidos, vazios e recortes, procura estruturar a identidade espacial da casa.

As portadas exteriores, cegas rebocadas tal como as superfícies de revestimento do objecto, quando fechadas tornam os volumes praticamente cegos na procura de uma leitura clara da forma.
Algumas ambiguidades na leitura e definição da inter-relação entre elementos contentores e contidos joga com a capacidade e interesse do observador na descodificação do desenho do espaço e da forma.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto

Casa em Tróia

Localização

Tróia, Portugal

Arquitetura

Jorge Mealha

Equipa

João Sítima, Luís Banazol, Pedro Pereira, Marcelo Dantas

Área

207.0 m2

Ano

2003

Fotografias

Jorge Mealha

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.

𝗣𝗼𝗿𝘁𝘂𝗴𝗮𝗹 𝗖𝗢𝗻𝗩𝗜𝗗𝗮 𝗧𝗼𝗱𝗼𝘀

Uma ação informal por um bom motivo