Casa-Hygge Renovatio

Desde a nossa primeira visita que confirmámos neste apartamento a existência de características usuais em casas da década 60 nesta zona de Lisboa: Na circulação interior realizada por longo e escuro corredor; Na elevada compartimentação; Nas redes de infra-estruturas obsoletas; Nos pavimentos e acabamentos originais bem preservados apesar das pequenas remodelações feitas ao longo dos anos pelos únicos proprietários.

Contudo existiam potencialidades que desenvolvidas permitiam evidenciar qualidades ocultas: Estar em meio urbano numa plataforma superior garantia dois alçados disponíveis para usufruir de luz e brisas naturais; Ser neste edifício uma fracção com a área total do seu piso permitia reorganizar e clarificar as funções dos espaços; Com uma grande varanda coberta orientada a sul, incentiva viver esta casa de outra forma, ao ser mais espontânea e conectada ao exterior.

A estratégia principal consistiu numa única etapa reduzir compartimentação, corredores e ganhar iluminação natural através do layout mais aberto e no uso de uma materialidade leve. A vivência dos espaços e respectivas funções foram simplificadas, resultando numa relação pragmática entre as áreas sociais e privadas.

O projecto foi definido pela clara vontade em valorizar a zona social e pela necessidade de incorporar mais uma instalação sanitária. Aproveitámos o facto da casa estar inserida num edifício de esquina – com boa exposição solar – para pensar a área social como o espaço nuclear da casa, em torno do qual os restantes espaços interagem.

A cozinha passou a estar ligada à assoalhada contígua e corredor. Da anterior dispensa e armário nasceu uma nova casa-de-banho. Agora, ao entrarmos nesta casa, ficamos envolvidos num ambiente com melhor clareza pela ligação mais fluida entre extremidades e com um conforto revigorado pelos tons serenos e detalhes em madeira.

A preservação e restauração dos materiais tradicionais, como carpintarias e estuques, foram uma premissa vital do projecto que propunha combinar elementos existentes com outros modernos. No entanto mais pormenores distintivos foram também integrados aos espaços interiores na definição de singulares momentos pela casa, como a adopção de painéis de azulejo na maioria de origem lusa para revigorar a sua identidade portuguesa e num novo jogo de iluminações e sombras nos vários alinhamentos criados nas paredes e peças de madeira existentes na área social da entrada/ cozinha.

A madeira dos elementos existentes e na recente marcenaria desenhada à medida é o natural gesto unificador encontrado em várias divisões desta casa, conferindo uma qualidade autêntica e estética marcante aos interiores.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projecto
Casa-Hygge Renovatio

Localização
Pontinha, Lisboa, Portugal

Concepção e Reabilitação
CasasRenovatio

Fotografias
CasasRenovatio

Data de Projecto/ Conclusão
2019/ 2020

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Biblioteca BIM Leca ®

»