Casa no Livramento – Ria Formosa

Categorias: Unifamiliar

O edifício original, com apenas 1 piso e 174 m2 de implantação, está situado no lugar da Murteira de Baixo e foi construído nos anos 40 . Está inserido numa das áreas mais interessantes do ponto de vista paisagístico do Algarve – o Parque Natural da Ria Formosa, que é classificado como Reserva Ecológica.


Foi originariamente uma habitação rural, tendo sido utilizado, posteriormente pelos antigos proprietários, como restaurante.


O conceito da intervenção baseia-se no aproveitamento do volume existente e na sua relação com o céu através da utilização da cobertura com espaço de estar e de uma claraboia que estimula um novo recorte desse volume com o horizonte.


Neste caso, o programa, ambicioso, (T3 +1) teria de ser arrumado em apenas 1 piso, cumprindo rigorosamente os limites da casa já existente, o que obrigou a uma gestão rigorosa e racional do espaço disponível na casa. A área coberta proposta no projecto é de 149,00 m2 em apenas 1 piso.


A geometria rigorosa da planta, aliada a uma gestão rigorosa das dimensões e à polivalência de alguns espaços que se baseia na sua continuidade e na fluidez da sua comunicação, foi o principal desafio deste projecto e que permitiu implantar um programa tão ambicioso num espaço tão limitado.


O projecto, propõe a demolição das paredes interiores e da cobertura da casa existente, já bastante alterada em relação à sua planta inicial, assim como das construções anexas situadas a Norte e Poente. O interior da edificação foi objecto de uma nova divisão e a cobertura foi completamente reconstruída em projecto.

Usando as fachadas do edifício existente, criou-se um pequeno pátio exterior, do lado Poente que servirá de ante-câmara de entrada e de ligação à cobertura do edifício, construída em sistema de açoteia.

Esse pátio exterior será igualmente usado como forma de permitir a ventilação transversal do edifício sem recurso a equipamentos mecânicos de grande consumo energético e também para permitir a criação de sombras e o abaixamento da temperatura ambiente no seu interior.


Na cobertura foi introduzido um lanternim de forma cúbica, totalmente em vidro opalino (branco) que terá uma estrutura deslizante de ensombramento em madeira, pintada de branco,. Esta estrutura permite controlar a luz solar e as radiações térmicas que entram através do lanternim, permitindo, ainda a fruição de uma zona de sombra no terraço da casa, que será aproveitado como espaço de estar no exterior e solário.


Do lado Poente da casa de habitação agora proposta, pretende-se construir, ainda, uma piscina privada, de acordo com o desenho formulado em projecto.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Coordenador:

Arqt.º Victor Neves


Colaboradores Arquitectura:

Arqt.ª Anna Scuderi

Arqt.ª Monica Lavado

Arqt.º Marco Ribeiro

Arqt.º Miguel Ramos

Desenho 3D:

Arqt.ªAnna Scuderi


Especialidades:

Norplus-Projectistas e Consultores, Lda

EngºJosé Aleixo


Dono da Obra:

Paulo Pimentel

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?