Casa Zauia

A casa Zauia localiza-se numa colina sobranceira ao Vale da Lama, na zona de Lagos, no Algarve – Portugal. Insere-se numa propriedade de grandes dimensões, voltada a Nascente, com uma uma vista surpreendente  sobre a Ria de Alvor e a Baía de Lagos.

O  desenho do edifício é paradoxalmente estimulado pelas restrições e condicionantes que são impostas à sua construção.

Procurou-se um objecto arquitectónico de grande sobriedade e leveza. Que fosse equilibrado, rigoroso e marcadamente actual.

O edifício não é mais que um volume branco e horizontal, cuja transparência lhe é conferida por um longo e contínuo envidraçado, protegido do efeito do sol, com um generoso pátio do Sul, de sombras fortemente vincadas.

 

O edifício surge parcialmente enterrado, e aconchegado ao terreno. Mas, determinado pelo  desnível do seu suporte físico, este solta-se e emerge sobre elegantes pilares inclinados, reduzindo o toque  na vegetação natural que se desenvolve sob o edifício. Vegetação natural que se quer que também venha a desenvolver naturalmente sobre parte da cobertura da construção.

A casa é assim um abrigo, de onde, nos sentimos protegidos e podemos dominar as vistas largas sobre o vale, a ria de Alvor e o costa recortada da Baía de Lagos.

 

A habitação, desenvolvida num único piso, é composta por quatro quartos com instalações sanitárias privativas, lavabo, cozinha com dependências de apoio, escritório e sala comum, aberta para uma generosa varanda/pátio semi-coberto, que é parte da varanda frontal contígua a todos os quartos.

Em zona enterrada surge um espaço técnico e um coberto exterior destinado a estacionamento, junto de um pequeno pátio de serviço.

A piscina, rectangular e longilínea, é a continuidade de um espelho de água que “verte” do muro de suporte em betão aparente e tem como elemento de separação uma plataforma central também em betão, que assume a função de deck / zona de estar.

A borda espessa da piscina demarca a presença da água contida e construída do espaço natural, onde a água da Baía se funde com a linha do horizonte.

E nós, da casa, parece que dominamos o horizonte. Pura ilusão. É apenas a irracionalidade da arquitectura que ainda nos faz sonhar. Felizmente.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Casa Zauia

Localização
Lagos – Portugal

Arquitetura
Mário Martins Atelier

Arquiteto responsável
Mário Martins
Colaboração
Rui Duarte; Sónia Fialho; José Furtado; Rita Rocha
Fotografias

Ano do projeto
2011-2014

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal