Centro de Monitorização e Investigação das Furnas

Categorias: Cultura

Foi intenção do projecto evocar a paisagem arquitectónica dos Açores, numa linha de continuidade com as formas e os materiais que moldam a memória colectiva da ilha e do arquipélago, e do qual são já, pela força do tempo, uma espécie de segunda natureza. Assim os edifícios são volumes arquetipais, simples e compactos, revestidos com a pedra basáltica da região.

Sendo o edifício mais excepcional, o Centro de Monitorização e Investigação das Furnas recorre a um espaço intermédio entre o exterior e o interior – o pátio.

Este surge como subtracção ao volume, recortando-o desde a zona central (vértice das quatro águas) até rasgar um dos alçados, possibilitando assim o acesso ao interior.

É a partir deste pátio que se revelam os compartimentos principais do edifício. Estes espaços, truncados pelo pátio, mantêm todas as relações de interior / exterior fruto dos vãos existentes. O edifício é foi assim concebido como uma escultura, como um bloco de matéria prima, que intencionalmente se recorta para captar a luz e a própria Lagoa.

O edifício das residências temporárias é um volume compacto de quatro águas, compartimentado em quatro residências.

O edifício é rasgado em cada um dos quatro alçados de pedra por um vão de madeira que permite a entrada de luz e o acesso a cada uma das unidades residenciais.

Existe uma hierarquia de alturas entre as quatro residências relacionada com a orientação solar de cada unidade. A parede exterior do edifício funciona como um muro, estrutural, onde passam as infraestruturas necessárias, em oposição às paredes interiores, leves, em madeira.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Centro de Monitorização e Investigação das Furnas

 

Localização
Lagoa das Furnas, S. Miguel, Açores, Portugal

 

Cliente
SPRAçores

 

Arquitetura
Aires Mateus

 

Arquitetos Responsáveis
Manuel Aires Mateus, Francisco Aires Mateus

 

 

Coordenação
Patrícia Marques

 

 

Colaboradores
Valentino Capelo de Sousa, Mariana Barbosa Mateus, Susana Rodrigues, Joana Simões, Catarina Belo, Francisco Caseiro, Vânia Fernandes, João Caria Lopes

 

 

Especialidades
AFAssociados

 

 

Paisagismo
João Nunes – PROAP

 

 

Construtor
Somague

 

 

Materialidade
Pedra

 

 

Área construída
1130 m²

 

 

Área do terreno
80000 m²

 

 

Ano

2010

 

 

Fotografia
© FG + SG – Fernando Guerra, Sérgio Guerra

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal