Edifício Habitacional Gondomar

Projeto arquitetura edifício habitacional – Gondomar

 

Artificio e natureza

 

Quando pensamos em artificio, matéria pela qual o homem humaniza o espaço em seu redor, não poderemos dissociar o seu real contexto. Implantado numa envolvente com grande declive, em gondomar, o projeto para o edifício é marcado por embasamentos e sistemas de contenção em pedra granítica. Como consequente o edifício estabelece-se em continuidade, tanto em matéria como em proporção.

Espacialmente, a frente de rio apresenta várias dissonâncias no que diz respeito a diferentes escalas. Existe uma marcada heterogenia volumétrica acentuada por um volume existente confrontante em uma das frentes do lote.

Como consequente, é intenção do projeto acentuar a horizontalidade integrando o edifício no terreno quase como que absorvido por ele. Na frente de rua à cota superior, o edifício apenas se anuncia, quase como se de uma pequena introdução se tratasse, não revelando a sua verdadeira dimensão. À medida que percorremos o acesso até ao momento da entrada iremos vislumbrando o volume e toda a sua materialidade. É um edifício que se vai revelando lentamente.

Por sua vez, pela frente rio, o edifício revela-se francamente à paisagem deixando o seu programa interno ser inundado pelo quadro vivo que é a natureza em constante dinâmica.

É, de facto, um projeto que apazigua as diferentes inquietudes da envolvente de gondomar. Por um lado, tenta integrar a encosta íngreme do rio, e ao mesmo tempo declarar amplos vãos envidraçados sobre o rio. A antítese é uma constante.

A desmaterialização do volume…

Materialidade e escala são articuladas por forma a garantir que a edificação tenha leitura, predominantemente horizontal. Para tal, no volume inferior, estabelece-se o estacionamento e respetivas dependências de diferenciação de lixo e casa das máquinas.

Como materialidade é utilizada a pedra, granito, assegurando a continuidade com a envolvente. Nos restantes pisos, é utilizado o betão branco aparente. Perimetralmente a cada apartamento existe uma reminiscência de granito, trazendo textura e continuidade a cada bloco.

A tipologia preconizada será maioritariamente T3, sendo uma prioridade a abertura para o rio de toda a esfera comum da habitação. A cozinha funde-se com a sala maximizando o espaço e respetiva iluminação. Não apenas sala, mas também dois em cada três quartos são voltados para o rio.

Internamente, o pormenor é uma constante. Portas pivotantes, painéis em madeira facejados pelos paramentos verticais, diferentes texturas e materialidades são estudadas criteriosamente para que tudo funcione como um todo, onde a forma e função se fundem numa só.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA
Projeto
Edifício Habitacional Gondomar

Localização
Valbom, Gondomar, Porto, Portugal

Arquitetura
Ricardo Carvalho Arquitectura

Segmento
Habitação

Fotografias
rcarquitectura

Data do projecto
2020

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?