Escritório no Porto

O projeto Escritório no Porto, localizado numa área de grande movimento e centralizada pela confluência de vias e meios de comunicação, a pré-existência, pertencente a um prédio urbano, datado da década de 20 do século XX, apresentava-se com parco interesse arquitetónico.

Decidiu-se pela renovação completa do espaço, com demolição de todo o seu interior e criação de uma nova linguagem arquitetónica que exprimisse as premissas do cliente: contemporânea, de excelência, que conjugasse a tradição de grandes obras – desde pontes à indústria aeroespacial – e que causasse impacto.

O espaço é pautado por dois momentos: permanência e efemeridade. Permanência, claro, efemeridade, escuro. O binómio claro/escuro permite, também, a separação visual do espaço, com o escuro a demarcar a fronteira. A rudeza e austeridade do microcimento e da madeira não tratada contrasta com a nobreza e polidez do vidro preto, que amplia o espaço, contendo-o ao mesmo tempo. O hall demarca-se através da marcação clara das paredes e pavimentos, que contrasta com a escuridão da recepção, reflectindo o exterior através das paredes envidraçadas negras.

Um corredor escuro, delimitado por paredes de vidro, acede aos gabinetes e sala de reuniões / copa e é pautado por um ripado em madeira de pinho não tratada, pintada de preto, iluminado por uma calha de luz superior. A sua perspectiva é acelerada através da distorção dos pórticos. O ripado, mimetizando a turbina de uma nave espacial, pauta o espaço através de uma promenade cerimonial que dá acesso ao gabinete principal. O ripado tem, também, como propósito permeabilizar o espaço em função da luz exterior, ao mesmo tempo que garante privacidade entre os gabinetes.

Dada a limitação de espaço em função do programa pretendido, a sala de reuniões funciona também cosem mo copa para refeições. Este espaço multifunções é equipado com um grande armário que, através de uma porta de correr, revela ou oculta a copa. Os gabinetes aproveitam ao máximo a luz exterior, quer através das vitrines que se abrem para a rua, como através do ripado que filtra a luz para o gabinete interior. O contraste entre os gabinetes e as circulações e instalações sanitárias é evidente. Rudeza, escuridão e carácter industrial nas áreas restritas e de circulação, e subtileza, claridade e minimalismo no Hall e gabinetes.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Escritório no Porto

Localização
Campanhã, Porto, Portugal

Cliente
Privado

Arquitetura
Samuel Leite

Arquitetos responsáveis
Samuel Leite

Colaboradores
José Garrido

Fotografias
Marta Marques

Ano de Projecto
2017-2018

Área
125m2

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Jooble

Mais de 2 mil vagas para arquitetos no Brasil

Webinares de Formação Gratuitos

Saiba mais »