Estúdios FG75

Categorias: Unifamiliar

Esta encomenda tratou do projecto reabilitação de um edifício devoluto com construção original datada do final do século XIX, com 4 pisos e inserido num lote com 176,80m².

Num edifício de génese bifamiliar pretendeu-se instalar um programa multifamiliar constituído por 6 estúdios T0 e arrumos respectivos em cave.

O edifício, mantido no seu esqueleto estrutural e funcional, tem na escada original um elemento de destaque. Do piso de entrada para o piso térreo foi criada uma nova escada para substituir uma inoperável.

Devido ao posicionamento assimétrico da escada original, que se pretendeu manter, os espaços sobrantes das demolições interiores, revelando-se todos eles diferentes, conduziram a soluções de apartamentos todas elas igualmente distintas, ainda que com padrões comuns.

Assim, nos apartamentos com pé-direito mais alto introduziu-se um mezanino debruçado sobre um open space; noutros experimentou-se uma solução de “ilha” que divide zona social e privativa do apartamento sem encerrar os espaços permitindo a fluidez espacial e luminosa pretendida. Os apartamentos do piso térreo e do piso superior têm características que os tornam igualmente diferentes, no que à organização do espaço se refere.

A quantidade de materiais, cores e texturas é propositadamente diminuta, tratando-se de espaços relativamente pequenos, o objectivo era maximizar a luminosidade e simplicidade dos espaços, que assim estarão prontos a receber os objectos e “coisas” dos futuros usuários.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Equipa A2OFFICE: 

Arquitectura: Alberto Dias Ribeiro

Colaboração (estudo prévio): Ana Fareleira

 

Ano: 2013 – 2017

Localização: Porto, Portugal

Cliente: Investidores Privados

Mediação e Gestão: AZU

Obra: Paulo Bessa, Lda

Tipo: Projecto de Reabilitação

Fotografia e Photostaging: Al.Ma Fotografia | Alexandra Marques

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?