Farmville

Farmville é um edifício de uso misto concebido para um programa específico que pode (e mudou) durante o tempo. O projecto é o resultado de um concurso ganho por AND-RÉ em 2010. Na altura, o resumo do projecto descreveu um programa de uso misto que incluía o edifício administrativo da Cooperativa Agrícola, uma Incubadora para o arranque do projecto, 10 casas para designers e residências artísticas, lojas, um Mercado Biológico, restaurante, bar e um estacionamento subterrâneo de dois níveis.

A proposta visava uma identidade contemporânea baseada em referências vernáculas traduzidas no desenho sob a forma de um arquétipo de ícones, promovendo assim o reconhecimento e identificação pela memória colectiva. As separações entre edifícios abrem o edifício à cidade, permitindo passagens pedonais e uma permeabilidade transversal que assegura experiências urbanas e sociais de proximidade.

A independência estrutural dos volumes permite uma flexibilidade futura adaptada à incerteza programática contemporânea. Os edifícios são concebidos como envelopes resistentes ao tempo e duradouros. Tal como as conchas de betão, com revestimento de zinco, o casco resistente é extrudido na forma da secção do arquétipo do telhado inclinado. O interior permite um espaço flexível devido à ausência de pilares ou elementos estruturais. Desta forma, o programa é acomodado e dividido em volumes de estrutura de aço independente, que ocupam o vazio interior, e pode ser facilmente alterado de acordo com as necessidades futuras.

Quando a nós, arquitectos, nos é pedido que concebamos um edifício que irá resistir, digamos, 100 anos, podemos antecipar que um programa como o que está no briefing, se tornaria certamente obsoleto. No entanto, um investimento de milhões não pode tornar-se tão rapidamente obsoleto como a natureza do programa que se acomodará nos primeiros anos de vida do edifício. Ou construímos construções temporárias, ou temos de ter a responsabilidade de criar a estratégia para que o edifício se adapte às necessidades futuras imprevistas e incertas do programa. Neste caso, o programa mudou várias vezes nos primeiros anos de vida do edifício, acomodando naturalmente novas utilizações, adaptando-se às necessidades em mudança, proporcionando um abrigo que manterá a sua utilidade ao longo do tempo.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Farmville

Localização
Paredes, Portugal

Arquitetura
AND-RÉ

Colaboradores
Bruno André
Francisco Salgado Ré
Adalgisa de Castro Lopes
Catarina Fernandes
Dalila Gomes
João Fernandes
Marcos Cruz
Mariana Oliveira
Regina Botelho
Rui Israel
Sara João
Sofia Mota Silva

Fotografias
Ricardo Oliveira Alves

Área
6.000 m2

 

Data
2010

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal