Flex-Vermelho

Categorias: Multifamiliar

O edifício é concebido como um bloco ondulante perfurado por aberturas reentrantes dispostas de forma variável e aleatória que evidenciam a sua espessura, determinada pela colocação dos armários no limite periférico do edifício.

Nos cantos e desvios são realizadas varandas. A entrada é marcada de forma enfática, pelo exacerbar formal do desvio ondulatório do alinhamento da fachada. A garagem concebe-se como um espaço livre e aberto semi-enterrado.

Os pisos são estruturados por meio de um eixo de circulação de limites ondulantes, servidos através de uma unidade central de acessos verticais, definindo áreas de chegada e acesso a cada apartamento nos alargamentos.

O objectivo era usar os métodos de construção de baixo custo para obter um edifício esteticamente agradável e funcional.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA
Projeto

Flex- Vermelho

Localização

Braga

Arquitetura

Cerejeira Fontes Arquitectos

Equipa
André de Moura Leitão Cerejeira Fontes, António Jorge de Moura Leitão Cerejeira Fontes

Ano

2008

Área construída

2900 m²

Materialidade

Metal

Estrutura

Concreto

Fotografias

Santo Eduardo di Miceli

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal