Freitas Reis 33

O projeto Freitas Reis 33 consiste na remodelação estratégica de uma moradia implantada na zona central e histórica de Cascais. O edifício apresenta-se numa esquina, sendo a leitura da cobertura e das diferentes texturas da fachada muito relevante. À primeira vista a área do lote, nomeadamente o exterior, parece menor do que posteriormente se vem a revelar.

O acesso é feito por uma escada confortável que permite um último vislumbre do cruzamento a uma cota superior. A zona do hall de entrada denuncia imediatamente uma escada escultórica em aço e madeira para o piso inferior. Do lado direito, um painel continuo em madeira de bétula, que encerra em si zonas técnicas, portas de acesso à instalação sanitária social, à suite principal e diversos arrumos. Ao fundo do corredor, a zona nobre social com quatro grandes janelas que enquadram as coberturas e elementos verdes do bairro. Parecem telas expostas, dinâmicas e cheias de cor.

Ao entrar nesse espaço, surge do lado esquerdo uma peça escultórica e angular que se assume como elemento primordial. a zona de degustar e preparar refeições é uma ilha de grandes proporções, que culmina numa zona arrumação técnica para um grande frigorifico americano e outros equipamentos. A mistura de escalas e materialidade tornam o objeto intrigante.

Do lado direito uma porta denuncia o acesso ao primeiro de dois terraços contemplativos da luz sul/poente. Uma zona que pelo exterior não se consegue antecipar, que se debruça sobre um jardim privado rodeado de espécies de grande escala.

Ao descer para o piso inferior, a madeira continua a ser o elemento agregador, que em acto continuo associa em si todos as portas de acesso às diferentes suites e espaços técnicos. Existem zonas intermédias de estar que podem ser alvo de enumeras utilizações, mantendo sempre uma relação contextual com o exterior através dos vãos existente, agora pontuados por caixilhos negros.

A materialidade foi pensada ao detalhe, seja na madeira nobre do pavimento ou das paredes, a revelação da estrutura de betão existente, encarada como parte escultórica de cada espaço, ou no toque suave dos acabamentos selecionados, sejam mosaicos ou interruptores.

Trata-se de um projeto onde o interior se assume como caracter essencial. Onde alterações cirúrgicas conferem nova vida aos espaços. Onde a luz natural é potenciada pelo conforto dos materiais empregues. Este jogo de conceitos e estratégias, valorizam inevitavelmente a “pele” que reveste esta forma de viver, majorando também valência do espaço exterior.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Freitas Reis 33

Localização
Cascais, Portugal

Arquitetura
Commerzn – commerzn.com

Acabamentos
Cozinha KOKLATT, bancada SILESTONE, sistema de cozinhar BORA, eletrodomésticos LIEBHERR e SIEMENS, janelas REHAU, interruptores BERKER, jacuzzi TREESSE, ar condicionado DAIKIN, pavimento BOEN, cerâmicos LIVING CERAMICS, sanitários FLAMINIA, torneiras RITMONIO, iluminação  SLV + MAXLED illumination, tintas CIN, carpintaria COZIGOMES, construção OZARKO.

Fotografias
emontenegro / architectural photography – emontenegro.net

Tipologia
4 suites + 1 quarto (T5)

Pé direito útil
2.80m

Nº de Pisos
2

Área de implantação
213,25m2

Área de terraços e varandas
115,80m2

Área bruta de construção total
426,80m2

Área total do terreno
498m2

Ano
2019

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal