GOMOS # 1

GOMOS#1 funciona como protótipo de um sistema construtivo que desenvolvemos juntamente com várias equipas ligadas à pré-fabricação de betão, e que configura uma resposta concreta à necessidade contemporânea de simplificar e acelerar os processos construtivos. Trata-se de um sistema modular, pré-fabricado e evolutivo, em que os módulos – anéis de betão armado – saem de fábrica completamente terminados, incluindo todos os acabamentos interiores e exteriores, isolamento térmico, caixilharias, instalações de água e electricidade e ainda mobiliário fixo. Depois do transporte, a montagem do edifício in loco faz-se em poucos dias, simplesmente juntando estes módulos.

O projecto não resulta de uma invenção, mas sim de uma reinterpretação: partiu-se de um sistema construtivo pré-existente, geralmente usado nas infraestruturas de drenagem de águas e esgotos, adaptando-o a um sistema construtivo habitável.

Do ponto de vista técnico, destacamos quatro fatores essenciais:

Flexibilidade – este sistema pode responder a diferentes programas e permite ampliações futuras através da junção de novos módulos;

Facilidade de transporte – a modelação foi otimizada com medidas que facilitam as operações de manuseamento, carregamento e movimentação das peças;

Eficiência energética – estas peças definem corredores de ventilação natural e, pela sua produção em fábrica, garantem superfícies contínuas da camada de isolamento térmico;

Qualidade construtiva – a produção de todos os componentes é realizada em ambiente de fábrica, sob condições altamente controladas, o que se traduz em soluções previamente testadas, evitando patologias construtivas tantas vezes verificadas na construção tradicional.

Para GOMOS#1, o programa requerido era claro: uma casa com dois quartos para ser habitada por pessoas ligadas a um projecto de agricultura biológica, usando um conjunto de campos de cultivo existente nas imediações. O programa previa ainda um edifício anexo para armazenar os utensílios agrícolas.

A premissa mais importante: construir da forma mais rápida e menos dispendiosa.

A resposta ao programa resultou numa pequena casa, com sala e kitchenette, quase sem espaço de circulação. O edifício anexo traduz-se num mero abrigo de betão sem electricidade nem janelas, servindo apenas a sua básica função. O programa é tão simples quanto o resultado final.

O importante a destacar não será, porém, o resultado final, mas sim o processo de construção, a sua eficiência e simplificação – esta casa foi produzida em três meses e montada em três dias.

LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
GOMOS # 1

Localização
Arouca, Portugal

Cliente
Câmara Municipal de Arouca

Arquitectura
SUMMARY

Equipa
Samuel Gonçalves (project leader), Gonçalo Vaz de Carvalho, Maria João Freitas

Engenharia
GeoXL, Engineering & Innovative Solutions

Pré-fabricação e Montagem
Farcimar, Soluções em Pré-Fabricados de Betão

Construção e Componentes
AECA – Associação Empresarial de Cambra e Arouca

Materiais Predominantes
Betão Armado, Madeira, Ardósia

Tipo de Obra
Sistema Construtivo / Habitação

Desenhos 2D
©SUMMARY

Gifs e axonometrias
©SUMMARY

Esquiços
©SUMMARY

Fotografias
Tiago Casanova

Área de Construção
80 m2

Ano de Construção
2015

PDFS
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal