Melo Leote

Melo Leote – Construído nos anos 40, num lote estreito e comprido típico do Porto, o edifício desenvolve-se em três pisos, com duas frentes e jardim no logradouro.

Em fraco estado de conservação e com claras limitações de espaço, tendo em conta as necessidades dos clientes, a intervenção consistiu na reabilitação de apenas alguns elementos estruturais e na ampliação do edifício para tardoz, colmatando a empena vizinha a Norte, e na criação de um novo piso, de linguagem assumidamente contemporânea.

Este novo volume vem, ao mesmo tempo, colmatar a empena existente a Poente e fazer a transição entre o alinhamento dominante na rua, a Nascente, e o alinhamento criado pelo edifício dos anos 70, a Poente, através de dois níveis de revestimento que resolvem a inserção urbanística deste novo piso, permitem dotar o espaço interior de mais privacidade e controlam a entrada de luz no interior do quarto, tal como era pretendido pelos proprietários.

Na fachada tardoz, tratando-se de uma fachada integralmente nova, assumiu-se uma vez mais uma linguagem contemporânea, através da criação de uma estrutura reticular em madeira à vista e vazios preenchidos por envidraçados, abrindo e aproximando o interior do edifício ao jardim existente no logradouro.

 

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Melo Leote 🔗

Localização
Porto, Portugal

Arquitectura
Atelier In.vitro 🔗


Arquiteta responsável

Joana Leandro Vasconcelos

Colaboração
Mafalda Cabeleira

Especialidades
Estabilidade . NCREP, Consultoria em Reabilitação do Edificado e Património, Lda; Restantes Especialidades . Nelson Magalhães

Construção
Cs Construtora

Imagens 3D
Atelier in.vitro

Fotografia
José Campos, Architectural Photography 🔗

Área
230m2

Ano Projeto
2015-2020

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE