Moradia Unifamiliar em Alvalade

A estratégia de intervenção passa pelo desenvolvimento de uma proposta que vise a otimização funcional e espacial dos diferentes espaços interiores, da definição volumetria do edifício a Nascente e da ligação ao logradouro a tardoz.

Trata-se, de um gesto de revitalização/modernização assente num programa de projeto com base nas vivências contemporâneas e na necessidade de obras de melhoramento (sem prejuízo da imagem do edifício existente e daquele lugar).
O projeto de arquitetura – obra de alteração que aqui que se apresenta compreende o disposto no número 7 do artigo 42º do PDM-Lisboa, respeitando e preservando as caraterísticas morfológicas e tipológicas dominantes na área, tendo como objetivo o melhoramento das condições de habitabilidade e ocupação.

Funcionalmente, no piso 0 foram harmoniosamente distribuídos os compartimentos de caracter social: cozinha, salas de estar, jantar e leitura, escritório e instalação sanitária social. Uma das principais premissas de intervenção foi a inclusão de um elevador no interior da habitação. Assim, localizado ao centro da mesma no átrio de distribuição e escadas, define-se o núcleo de comunicações verticais, que juntamente com a instalação sanitária social, funcionam como área de transição/charneira entre o acesso à área privada e as zonas de permanência de carácter social. A partir da garagem, estabelece-se a ligação entre a via pública e o logradouro tardoz. No piso superior, organiza-se a área privada da habitação, dividida por três quartos e respetivas instalações sanitárias. No piso -1/cave, mantem-se o uso de arrumos e zona técnica.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Moradia em Alvalade

Localização
Lisboa

Promotor
Particular

Autor
Humberto Conde

Colaboradores
Madalena Furtado

Modelo 3D
André Cordeiro ( HRA-Lisboa)

Data
2018

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.