Office Park Expo

Categorias: Escritórios

A concepção do office park teve a sua génese na estrutura urbana e os seguintes conceitos fundamentais do plano de urbanização e do plano de pormenor pp1: multifuncionalidade; morfologia da envolvente; sistema de Vistas; Vias de circulação; plataforma panorâmica pedonal; estruturas Verdes.

A contribuição do espaço construído para a requalificação urbanística, paisagística e ambiental da zona, passa pela sua articulação com o tecido urbano circundante através da relação entre os elementos anteriormente mencionados, numa perspectiva indutora e geradora de atracção.
Nesse sentido são de salientar os seguintes elementos indutores que constituem factores determinantes da forma urbana: torre com 18 pisos a nw; avenida d. João II e respectiva frente edificada a poente; alameda dos oceanos com o seu carácter lúdico; plataforma à cota 16; sistema de ruas de serviço; Insolação; Vista panorâmica sobre o rio e elementos arquitectónicos emblemáticos; requalificação ambiental do quarteirão; percursos pedonais de atravessamento.
A torre foi tratada como um elemento singular e lida conjuntamente com a outra que se encontra a poente. ambas as torres constituem um forte referencial do plano e destacam-se na aproximação ao longo da av. d. João II. formalmente apresenta- se desligada de qualquer edifício, assumindo assim o seu enorme valor referencial. a sua articulação processa-se através de uma praça de chegada com cariz mais urbano e que encerra as funções mais institucionais do complexo. esta praça urbana, local
de encontro, está ainda enquadrada por mais três blocos relativamente elevados e ainda pelo centro de reuniões.
A morfologia dos diferentes blocos permite, sem sacrifício da sua integração formal no conjunto do office park, uma diferenciação relativamente aos vários destinos e necessidades de imagem corporativa das várias entidades ocupantes.
TAGS
LINKS
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE