Sede da Alcatel

Categorias: Escritórios

O edifício aparece como um bloco isolado, morfologicamente conectado aos outros ao seu redor, com uma linguagem arquitetónica contemporânea distinta.

Utilizando um discurso volumetricamente similar às construções adjacentes, o novo edifício é esculpido a fim de suavizar e projetar sua imagem para o exterior. A forma é enfatizada como um projeto-ativo, contribuindo para a dinâmica intrínseca que se destina a proposta global.

Os dois níveis se transformam em um através da “dobra” do nível de entrada. O novo volume eleva-se do solo, como um cartão de visitas para quem entra. Suspenso sobre o vazio, direciona as pessoas para a entrada, que é feita pelo norte sobre o vazio, dando acesso ao estacionamento.

A rotação do volume superior se converte, no nível base, em um negativo que expõe diretamente o estacionamento, permitindo que a construção se misture com uma área verde de proteção. O edifício é intimamente conectado com seu entorno natural, aproveitando-o como se fosse uma barreira contra agentes externos.

Em termos de materiais, a solução é contida o máximo possível para garantir a sobriedade do todo. Portando, uma gama limitada de materiais é introduzida a fim de enfatizar a clareza formal necessária: superfícies brancas propagadas e vidros serigrafados são assumidos como materiais predominantes.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA
Projeto

Sede da Alcatel


Localização

Estrada da Malveira, Cascais, Portugal

Arquitetura

Frederico Valsassina Arquitectos

Arquiteto Responsável

Frederico Valsassina

Colaboradores

Sofia Salazar Leite, Rita Conceição Silva, Rita Sá Nogueira, Filipa Ferreira, Joana Quintanilha, Diana Mira, António Pinelo

Paisagismo

PROAP


Estrutura e Fundações

AFA / GET

Instalações Técnicas Especiais

AFA


Instalações Hidráulicas

AFA

Área construída

11.051,81 m²

Ano do Projeto

2008


Ano de Construção

2009


Fotografias

Fernando Guerra © FG+SG

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal