Conversas com Serralves: Um olhar sobre a arquitetura da Casa do Cinema Manoel de Oliveira

Na primeira Conversas com Serralves, sob o tema “Um olhar sobre a arquitetura da Casa do Cinema Manoel de Oliveira”, com o arquiteto Álvaro Siza, autor do projeto da Casa do Cinema Manoel de Oliveira, Fundação de Serralves, e António Preto, seu diretor.

O projeto da Casa do Cinema Manoel de Oliveira, desenhado por Álvaro Siza, foi publicamente apresentado a 15 de novembro de 2013, na presença do arquiteto e do cineasta, que participou ativamente na discussão dos contornos gerais do edifício.

Com início de construção a 19 de janeiro de 2018 e inaugurada em 24 de junho de 2019, a Casa do Cinema viria finalmente responder a um desejo antigo de Manoel de Oliveira, que pretendia colocar o seu acervo cinematográfico ao serviço da cidade e do público em geral, bem como reforçar a atuação de Serralves no domínio do cinema e das imagens em movimento.

O edifício projetado por Álvaro Siza para acolher este riquíssimo acervo, bem como todas as atividades deste novo polo da Fundação, é constituído por dois corpos – um deles, resulta da recuperação da antiga garagem do Conde de Vizela, adaptada às novas funções; o outro, é uma construção nova, com volume e alinhamento no prolongamento da anterior –, entre os quais se distribuem três galerias de exposição, o auditório, o acervo, duas salas de serviço educativo, um espaço para investigação e escritórios, dialogando de forma harmoniosa e coerente com todo o património natural e edificado de Serralves.

Não sendo possível, neste momento, deslocar-nos à Casa do Cinema, convidámos o arquiteto Álvaro Siza a acompanhar-nos numa visita ao edifício, bem como através das diversas fases da sua construção, e a conversar connosco acerca deste projeto.

videos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Webinars Leca®

Inscreva-se!