Gonçalo Byrne: a memória como coisa viva

O arquiteto Gonçalo Byrne doou o seu acervo à Casa da Arquitectura no passado dia 9 de novembro de 2019.

A lista de projetos que constituem o seu acervo soma cerca de 160 projetos desde 1990 até à atualidade, com diferentes tipologias, desde habitação a projetos de planeamento, arquitetura de interiores, equipamentos urbanos, reabilitação e requalificação urbanística, laboratórios, universidades, etc.

Na cerimónia de Assinatura do Contrato de Doação do seu Acervo, foi exibido um pequeno filme alusivo onde o arquiteto considera os arquivos de arquitetura como espaços onde importa “dar substância a esta memória como qualquer coisa viva”.

videos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal