Restaurante CVCN

O Clube de Vela da Costa Nova, um dos mais antigos clubes náuticos da zona do estuário da Ria de Aveiro, estava dividido em 3 espaços principais: o restaurante, o bar dos sócios e a esplanada. Para cada um destes espaços, existia um público específico, com preferências e tradições diferentes, o que provocou o grande desafio deste projecto. Pretendia-se renovar um espaço danificado pela passagem do tempo e, simultaneamente, manter o espaço reconhecível do “antigo”, respeitando as memórias e o seu valor, ainda relevante para todos os membros do Clube dos Sócios.

Assim, manteve-se a madeira como o pano de fundo do típico palheiro da Costa Nova, de modo a enraizar essa memória, no entanto, sempre utilizada aliada ao moderno e às tecnologias, como por exemplo, nas peças de madeira retroiluminadas, de modo a criar um ambiente único e confortável. Em termos da morfologia do espaço, era claro que a excessiva divisão do mesmo estava a prejudicar a fluência do percurso, e então, decidimos criar um único balcão, sendo que este mantinha, ainda que sublime, a divisão entre o restaurante e o bar dos sócios. No restaurante, decidimos aproveitar a vista posterior sob a ria, através de grandes vãos com uma expressão minimalista, de modo a manter uma visão panorâmica mais limpa. E a cozinha, agora ampliada, permitia ao utente um acompanhamento dos trabalhos e das condições da mesma.

Na esplanada, a decisão de perpetuar os módulos dos palheiros era muito clara, mas assim sendo teria de ser numa linguagem claramente moderna, de modo a criar uma separação entre o novo e o antigo, pois um não pretende ser o outro. Assim, decidimos refazer esses módulos através de coberturas ripadas nas direcções dos pontos cardeais e respectivos intermédios, conseguindo uma sombra propositadas em determinadas alturas do dia, sem necessitar de artifícios alternativos para bloquear a entrada total da luz solar.

 

___

 

The Costa Nova Sailing Club, one of the oldest nautical clubs in the Ria de Aveiro estuary area, was divided into 3 main spaces: the restaurant, the club members bar and the terrace. For each of these spaces, there was a specific audience with different preferences and traditions, which caused the great challenge of this project. We intended to renew a space damaged by time and, at the same time, to maintain the recognizable space of the “old”, respecting the memories and their value, still relevant to all members of the Club.

Thus, the wood remained as the backdrop of the typical Costa Nova haystack, so as to root this memory. However, it was always used allied to the modern technologies, as for example, in the backlit wood pieces, so to create a unique and comfortable environment. In terms of the morphology of the space, it was clear that its excessive division was hampering the flow of the route, so we decided to create a single counter, which maintained, even though sublime, the division between the restaurant and the bar. At the restaurant, we decided to take advantage of the back view over the ria through large spans with a minimalist expression to maintain a cleaner panoramic view. And the kitchen, now expanded, allowed the user to monitor the work and its conditions.

On the terrace, the decision to perpetuate the haystack modules was very clear, but it would have to be in a clearly modern language in order to create a separation between the new and the old, as one does not want to be the other. Thus, we decided to redo these modules through slatted roofs in the directions of the cardinal points and their intermediate, achieving a purposeful shadow at certain times of the day, without requiring alternative devices to block the full entry of sunlight.

 

___

 

Projeto
Restaurante CVCN

Arquiteto Responsável
José Ferreira

Equipa
Jessica Martins

Localização
Costa Nova, Aveiro

Ano de Construção
2020

Área Construída (m2)
327

Fotografia
José Ferreira (Renderização)

videos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Vulcano

O parceiro certo para um apoio total

MOON

A única placa de comando em cerâmica.