Adega da Taboadella

Adega da Taboadella – A chegada à Quinta é surpreendente. O suave ondular da vinha permite a absorção quase total da propriedade. Ao fundo a Casa Grande domina os cinquenta hectares de paisagem abraçando-a e dominando-a. Um pequeno rio – afluente do rio Dão – serpenteando, limita a propriedade a sudoeste.

Conta a história – e outras estórias – que por ali andaram monges e frades. Também romanos. Todos à procura da qualidade  das vinhas e do vinho. Ao fundo, a sul, existia um armazém que urgia transformar em adega. O projeto reestrutura a construção existente transformando o precário edifício existente numa adega de 2.500 m2, a Adega da Taboadella.

Apoiado pela Equipa Técnica responsável pela produção e vinificação, o projeto caracteriza-se por duas grandes Naves onde a produção e envelhecimento se organizam e distribuem. A norte um Cais de Receção permite que a azafama da vindima se proceda com método e rigor.

Por gravidade a uva passa por uma série de equipamentos e procedimentos criteriosos até se transformar em vinho. Processos e métodos indústrias onde não se descuida a necessidade constante e intemporal do cuidado manual, do carinho humano. A Nave da Cubas, assim denominada, alberga uma fileira de 15 cubas troncocónicas em aço inox para vinho tinto, 8 cubas troncocónicas em aço inox para vinho branco e outra fileira de 10 cubas em microcimento. Um mezanino permite o acesso por gravidade a todas as cubas, facilitando os procedimentos e garantindo os métodos e assim a qualidade desejada. No mezanino sobre a entrada da Nave há um espaço de Laboratório e áreas para experimentação vinícola.

A Nave da Barricas, numa primeira fase, alojará 400 barricas. Este generoso espaço permitirá o repouso até 800 barricas. Sobre a entrada, uma grande área será reservada para a receção de visitantes, para a degustação de vinhos assim como a sua avaliação. Como um belvedere sobre a Quinta e a Casa Grande, uma grande varanda permitirá gozar do sossego de bebericar um bom vinho abraçado pela paisagem de uma bela vinha, de uma bela paisagem. O percurso de visita de especialistas e amantes do vinho é possível sem conflito com os percursos ou circuitos de produção.

No tardoz são organizadas as áreas técnicas de equipamentos e os arrumos de materiais, numa relação direta de função e produção. Todos os procedimentos foram alvo de atenção, assegurando uma responsabilidade ecológica, garantindo o presente, mas sobretudo com a preocupação de que o futuro seja ainda melhor. A Luz e a Sombra que lhe resulta são preocupação constante.

Tal como com o vinho, o balanço e equilíbrio é necessário. A presença da luz é permitida justamente o necessário para que a sombra crie o ambiente e a temperatura que uma adega tem que ter. A sua integração no terreno, na Quinta e na Paisagem, o dourado da madeira da estrutura – algo diferente – o revestimento a cortiça – que a curto prazo assumirá a cor de prata – irão personalizar a Adega da Taboadella como local único onde se faz um néctar único, como referido pelos antigos e como será mencionado, e apreciado por nós e pelo futuro.

A Quinta da Taboadella, qual fénix, renasce rejuvenescida, mas, sobretudo, atualizada onde pura produção se une à estética e aos bons gostos.

A Adega será – certamente – o culminar do que o ambiente, a paisagem e a transformação que o Homem sobre ela exerce nos oferecerá; excelentes Vinhos do Dão.

Dia de São Martinho – padroeiro da vinha e do vinho, 2018

Carlos Castanheira.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Adega da Taboadella 🔗

Localização
Sátão, Portugal

Arquitetura
CC&CB – Architects 🔗

Arquiteto Responsável
Carlos Castanheira

Coordenador do Projeto
Orlando Sousa

Equipa de Projeto
Inês Cabrita, Nuno Rodrigues, Jorge Pinheiro, Fernanda Sá, João Figueiredo, Armando Sousa, Diogo Pinho, Ricardo Fernandes, Luisa Felizardo, Sara Cabral

Modelos 3D e Renders
Germano Vieira, Sara Noronha

Engenharia Estrutural
Paulo Fidalgo HDP – Construction and Engineering Projects

Hidráulica
Pedro Nunes Diâmetro & Cálculo – Construction and Engineering Projects

Elétrica
Luis Matos Igemáci – Engineering

Segurança Contra Incêndio
Fernandes da Silva Xamix – Safety and Engineering

HVAC
Pedro Coelho Lima Coelho Lima – Engineering

Construção
Brita Costa

Fotografias
Fernando Guerra | FG+SG 🔗

Área
3728 m²

Ano
2020

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE