Casa Linda Velha

O desafio do projeto Casa Linda Velha passava por oferecer os benefícios da vida contemporânea a uma família de classe média com 4 elementos, reabilitando o seu apartamento e adaptando-o aos novos modos de habitar.

A dificuldade estava no facto deste apartamento ter origem nos anos 70/80 e constituir um típico exemplo da construção comercial desta época, que não permite grande flexibilidade ou adaptabilidade.

A reabilitação comum neste contexto tenderia mais a uma substituição dos acabamentos e materiais, do que a uma reconfiguração total da casa e das suas infraestruturas. A cozinha e instalações sanitárias estavam muito congeladas e a sua alteração parecia inviável.

No entanto, perante o desapontamento dos clientes com as restrições estruturais do edifício, a equipa projetista decidiu focar todo o esforço no reposicionamento da cozinha.

Para que esta revolução fosse possível, tornou-se imprescindível o envolvimento da empresa de construção numa fase muito inicial do processo, realizando sondagens profundas para que se aferisse cotas de toscos, pendentes, posicionamentos de redes e de colunas montantes.

Assim, foi possível reposicionar a cozinha e reconfigurar totalmente a organização da casa, que agora concentra todas as infraestruturas num núcleo central funcional. Este núcleo está perfeitamente conectado com as redes de drenagem, mas também com a rede de exaustão do prédio. Isto permitiu que o espaço social da casa ganhasse uma proporção mais cúbica e harmoniosa, fugindo à imposição estrutural de compartimentação longa e estreita.

Conquistada a organização, restava perseguir o ambiente quente e confortável que os clientes desejavam para a casa. Na exploração de várias alternativas acabamos por encontrar uma relação imagética muito peculiar entre as carpintarias em contraplacado de bétula e as cantarias em pedra Brecha de Santo Antônio. Esta decisão permitiu um equilíbrio de custos entre o contraplacado extremamente procurado e uma pedra natural quase esquecida e caída em desuso.

No fim da história o projeto vive muito do casamento entre a madeira e a pedra e nas suas relações visuais e texturais. No entanto, para nós a chave esteve no processo de construção e na disponibilidade de todos os intervenientes em tornar possível uma verdadeira revolução infraestrutural da casa.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto

Casa Linda Velha

 

Localização

Oeiras, Portugal

 

Tipologia

Apartamento T3

 

Arquitetura

Vasco Burnay 🔗

 

Construção

Ensitiva Lda

 

Carpintarias

Luis Miguel Rodrigues

 

Cantarias

Alfredo Antunes Flor 🔗

 

Fotografia

Patricia Martins, Arqiphoto 🔗

 

Área Bruta

85m²

 

PDFS
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?