Casa Fraião

A casa Fraião, localizada em Braga, é um projeto configurado em dois pisos, na forma de “V”, concebido para beneficiar das vistas privilegiadas sobre a cidade. Encontra-se numa encosta densamente povoada com casas singulares e uma excelente exposição solar, proporcionando um extraordinário vislumbre sobre a paisagem, compondo uma imagem fascinante. Uma das principais preocupações era criar um conceito de habitação fluido e permeável, sem perda de privacidade. Por essa razão, foi desenvolvido um corpo central para acolher a área social, e dois corpos laterais em forma de “V” para as funções mais privadas, focalizando as vistas sobre a cidade.

Devido ao declive do terreno, a casa foi desenvolvida para articular um piso de entrada ao nível da rua com um piso inferior, onde a sala se conecta inteiramente com o jardim e a piscina. Isso permitiu criar uma entrada muito discreta com um acesso rápido ao piso térreo, sem evidenciar os 930,00m2 que formam a casa. A ideia principal era desenvolver um projeto que pudesse desencadear emoções à medida que o cliente passasse pela casa, proporcionando em cada momento novos pontos de interesse e sensação de conforto.

A entrada principal é feita através de um alpendre, na qual uma grande janela, deixa adivinhar o interior da casa, através da grande área com pé direito duplo, exibindo a sala de estar no andar inferior e a vista sobre a cidade. Assim que se entra na casa, a área de pé direito duplo com fachada de vidro, proporciona uma perceção deslumbrante da escala do volume, marcada por detalhes arquitetónicos e peças decorativas com design único. Criou-se uma escada cénica em forma de meia lua que leva ao piso inferior, destacando-se na vastidão da amplitude do pé direito duplo.

Os carros são uma das maiores paixões do cliente, possuindo uma vasta coleção particular, como tal, foi considerada uma característica importante a ser explorada no projeto. Para acolher alguns desses veículos, foi concebido um volume de garagem no andar superior, que invade o espaço social. Esse volume é envidraçado para o interior da área social, tornando-se visível de qualquer parte da sala comum, criando uma área de exposição para essa coleção.

Os materiais utilizados na casa foram escolhidos, tendo em consideração à sua baixa manutenção e durabilidade. A base volumétrica é o betão aparente, cofrado com ripas horizontais de madeira. O betão aparente contrasta com os tons de madeira, material usado como negativo volume bruto de betão. Volumetria, funcionalidade e materiais foram combinados para criar um ambiente confortável e, ao mesmo tempo, um sentimento de grandeza, explorando cuidadosamente cada detalhe da casa.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Casa Fraião

Localização
Braga, Portugal

Arquitetura
TRAMA arquitetos

Arquitetos
Bruno Leitão e Marco Bernardino

Equipa
Adriano Peixoto, Ricardo Silva, Eduarda Rocha, Helena Vilar, Catarina Silva e Ivo Silva

Fotografia
João Morgado

Área
930 m²

Ano
2016

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?